ALIMENTAÇÃO ARTIFICIAL

O registro acima, mostra as abelhas jandaíra no alimentador coletivo decorrido os cinco primeiros minutos. 

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

ALIMENTAÇÃO ARTIFICIAL

Aos 15 minutos já é bem expressivo o número de operárias no alimentador coletivo, começando ao vai-e-vem frenético das jandaíras entre as colmeias  e a fonte de alimento.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

ALIMENTAÇÃO ARTIFICIAL

O vídeo registra as jandaíras no alimentador coletivo decorridos 20 minutos do início em que foi colocado a garapa. O melhor horário para o trabalho é na parte da tarde, preferencialmente sempre no mesmo horário e local,  pois a comunicação se processa com maior velocidade e ao fim de 45 minutos aproximadamente as jandaíras terão consumido 02 litros do precioso alimento. Só há um complicador neste método de alimentação artificial, que é o aparecimento da abelha africanizada, porém de fácil solução. Como o tempo é relativamente muito pouco (cerca de 45 minutos) é necessário o meliponicultor ficar de olhar atento ao recipiente e sacrificar alguma apis que  aparecer. Se deixar a mesma voltar para sua morada, suas irmãs virão em grande quantidade com sua valentia e seus ferrões e neste dia suas jandaíras ficarão sem o alimento. Mossoró (RN)., 17 de outubro de 2015 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

O SABIÁ DO SERTÃO

SABIÁ DO SERTÃO

Na nossa região, sertão do semi-árido, diferentemente das demais regiões do país onde as estações do ano estão bem definidas: primavera, verão, outono e inverno, há somente duas “estações”. Uma que chove (quando chove) que chamamos de inverno e ocorre geralmente entre março e maio e a outra que é totalmente seca que chamamos de verão, compreendendo  os nove meses restantes do ano. Sobre essa rotina de nossa vida sertaneja, onde os homens, animais e aves enfrentam essa dura realidade,  o cantador de improviso retrata sempre nos seus versos essa  paisagem nordestina. Sobre o que afirmamos veja que pérola improvisada pelo poeta Biu Gomes:

O sabiá do sertão
faz coisa que me comove:
passa três meses cantando
e sem cantar passa nove,
como que se preparando,
pra só cantar quando chove!

Mossoró(RN)., 19 de junho de 2015 – Paulo Menezes
Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

CANTINHO DO PADRE HUBERTO

FOTO DE PE HUBERTO.1O velho padre Humberto Bruening, tinha ampla visão da natureza. Tanto assim, que pode ser chamado hoje de pioneiro em termos de meliponário na região. Às vezes, padre Humberto se fazia acompanhar do seu auxiliar-mor, o conhecidíssimo Raimundo Sacristão que mesmo sendo um cinquentão fazia questão de se apresentar como “moça usada”. Rumo à criação de abelhas, na zona rural do município, abrindo vereda no juremal, o padre Humberto advertiu: “Cuidado Raimundo! Já matei mais de seis cobras por aqui! Até parece que tem cobra engolindo cobra nessa área”. Raimundo, que não escondia a ninguém, que “gostava da fruta”, disse com trejeito: “Vixe, padre! Elas não vão deixar nenhuma para eu engolir? Malvadas!”. O vigário fez de conta que não ouviu. – Mossoró(RN)., 01 de junho de 2015 – Paulo Menezes
Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | 1 comentário

CURIOSIDADES

CERA DE ABELHASVocê sabia que foram encontrados blocos de cera de abelha  inalterados em túmulos egípcios e em navios naufragados. Isso pode ser explicado devido à oxidação lenta do material, que faz com que a cera dure por muito tempo desde que não seja atacada por traças, ou expostas a altas temperaturas. –  Mossoró (RN)., 01 de junho de 2015 – Paulo Menezes
Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

LANÇAMENTO DE SELOS COMEMORATIVOS

CORREIOS.1No dia de ontem, a Empresa Brasileira dos Correios e Telégrafos lançou seis selos comemorativos relacionados com as abelhas brasileiras sem ferrão, dentre as quais a abelha jandaíra. A solenidade foi realizada na Universidade Federal Rural do Semi-Árido, em Mossoró-RN.  A cidade foi escolhida por ser hoje uma referência nacional quando se fala em abelha jandaíra.A mesa foi composta pelo Magnífico Reitor Prof. Dr. José de Arimatéa, O pesquisador Prof. Dr. Dirk Koedam, o Prof. Dr. Lionel Segui Gonçalves, o superintendente dos Correios no Rio Grande do Norte e o titular deste Blog.

 

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

LANÇAMENTO DE SELOS COMEMORATIVOS

CORREIOS.2

Instante de muita emoção em que fui convocado pelo cerimonial para carimbar o selo  comemorativo em homenagem à abelha jandaíra.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

LANÇAMENTO DE SELOS COMEMORATIVOS

CORREIOS.3Momento em que o titular deste Blog usou da palavra para agradecer aos Correios e Telégrafos pela feliz iniciativa em homenagear a cidade e a figura do Monsenhor Huberto Bruening, ele que foi o grande responsável pela pesquisa, estudo e preservação da abelha jandaíra na região de Mossoró. – Mossoró (RN)., 23 de maio de 2015 – Paulo Menezes.

 

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

CURIOSIDADES

MEL DE JANDAÍRA

Você sabia que Alexandre Magno, “O Grande” morreu em batalha na Babilônia e foi levado de volta à Grécia em um caixão cheio de mel, para evitar a decomposição de seu corpo. – Mossoró (RN)., 15 de maio de 2015 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

CANTINHO DO PADRE HUBERTO

PADRE HUBERTO.1jpg

Padre Huberto, presente a uma celebração religiosa na Catedral de Santa Luzia, da qual era vigário geral, presenciou algo inusitado. Adentrou na igreja um sertanejo sem princípios religiosos e aproximando-se de uma das velas acesas que estavam no altar com um cigarro na boca encostou o mesmo no fogo para acendê-lo. Vendo cena tão deprimente o sacerdote se dirigiu ao popular e indagou de onde o mesmo era natural ao que foi informado ser de Novo Mundo (cidade do interior do estado). Agora entendi o seu comportamento afirmou o Padre Huberto, pois sabia que você com certeza não seria “deste mundo”. Mossoró (RN)., 09 de maio de 2015 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

CURIOSIDADES

MEL DE JANDAÍRA

Você sabia que o mel foi a primeira substância adoçante conhecida na Antiguidade e, segundo a Bíblia, era uma das duas dádivas da Terra da Promissão (a outra era o leite). – Mossoró (RN)., 09 de maio de 2015. – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

SELO COMEMORATIVO DOS CORREIOS

SELOS.3

Desde a década de setenta, graças ao estudo, pesquisa, dedicação e preservação das abelhas jandaíras na região de  Mossoró pelo saudoso Mons. Huberto Bruening, a cidade passou a ser referência nacional quado se fala em meio ambiente, preservação, ecologia e principalmente abelha jandaíra. Atestando o que acima afirmamos, a Empresa Brasileira dos Correios e Telégrafos estará lançando na cidade de Mossoró, no dia 22 de maio na Universidade Federal Rural do Semi-Árido – UFERSA – seis selos comemorativos relacionados com as abelhas brasileiras sem ferrão, dentre as quais a querida abelha jandaíra. Contamos com sua presença para abrilhantar à festa.- Mossoró (RN)., 09 de maio de 2015 – Paulo Menezes – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag , , | Deixe seu comentário

VISITA AO MELIPONÁRIO

VISITA MANOEL

Nosso meliponário foi visitado pelo apicultor Manoel Evaristo Soares, mossoroense residente há muitos anos em Mato Grosso.  Ele está com o projeto para criar uma caixa redonda para abelhas sem ferrão. Muito curioso e observador, viu os modelos utilizados em nosso meliponário (caixa racional horizontal nordestina, caixa vertical nordestina e caixa modulada modelo Fernando Oliveira do INPA) bem como obteve informações relacionadas com a disposição dos enxames situados em árvores na natureza para subsidiar o modelo de sua caixa inovadora. – Mossoró (RN)., 28 de março de 2015 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | 4 comentários

O PODER DA NATUREZA

NINHOFinalizado o belo poema do repentista  Ivanildo Vila Nova, publicamos as estrofes finais improvisadas sobre o tema “Como é grande  o poder da natureza”. Mossoró (RN)., 28 de março de 2015 – Paulo Menezes

A cigarra constante dialoga
Através do seu canto intermitente
De inverno a verão canta contente
E a sua canção não sai da voga
Qualquer árvore é a sua sinagoga
Não procura comida pra despesa
Sua música sinônimo de tristeza
Patativa da seca é o seu nome
Se deixar de cantar morre de fome
Como é grande o poder da natureza
 
 A planta firmada no jouquilho
Begônia, tulipa, margarida
As pedras riquíssima da jazida
Com cor, o valor, a luz, o brilho
A prata e ouro cor de milho
O brilhante, a opala e turquesa
A pérola das jóias da princesa
É difícil, valiosíssima até
Alguém pensa ser vidro mas não é
Como é grande o poder da natureza
 
O inseto do sono tsé-tsé
As flores gentis com seus narcóticos
As ervas que são antibióticos
A mudança constante da maré
A feiura real do caboré
No pavão é enorme a boniteza
Tem o lince visão e agudeza
E o cachorro finíssima audição
Vigilante mal pago do patrão
Como é grande o poder da natureza
Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

ABELHAS REALIZAM TAREFAS COMPLEXAS

ABELHAS

As abelhas têm uma grande capacidade de realizar tarefas complexas, como contar ou reconhecer um rosto humano. Esta observação foi feita por uma jovem pesquisadora francesa, que recebeu nesta quarta-feira um prêmio por seu trabalho, oferecido pela fundação L’Oréal-Unesco “Para as Mulheres e a Ciência”. Após estudos brilhantes, Aurore Avargues-Weber, de 31 anos, pesquisadora da Universidade de Ciências Toulouse (sudoeste) descobriu por acaso o mundo das abelhas durante um estágio. O estalo foi imediato: “Percebi que esses insetos eram capazes de realizar tarefas complexas”, diz com entusiasmo. “E os resultados podem ser percebidos muito mais rapidamente do que em macacos”. O trabalho realizado como parte de sua tese demonstra empiricamente “a grande capacidade de abstração das abelhas: elas sabem contar e reconhecer um rosto”, explica Avargues-Weber. Colocadas na entrada de um labirinto, as abelhas identificaram vários sinais representados em um mapa e, depois de um rápido aprendizado, elas escolhiam regularmente a saída cujo sinal levava a uma recompensa. Apesar do cérebro do tamanho de uma cabeça de alfinete, as abelhas possuem uma “boa visão e uma grande memória”, diz a pesquisadora. Ela também provou que estes insetos não são guiados apenas por seu instinto. Mediante um teste realizado ao ar livre, a jovem mostrou a capacidade deste animal de “adaptar o seu comportamento ao ambiente e às experiências vividas”. Até então, essa capacidade de relacionar elementos era considerada pela comunidade científica como própria dos seres humanos e de alguns macacos. “Muitas vezes pensamos que só os grandes macacos são inteligentes, mas isto está errado”, insiste Avargues-Weber. Compreender a abelha para entender o Homem. A jovem quer agora entender como as abelhas executam tarefas desta complexidade com tão poucos neurônios (um milhão, contra 100 bilhões para um ser humano). Ela trabalha com várias linhas de pensamento: o cérebro das abelhas possui um método mais eficaz do que o do Homem para processar informações? Ou seria possível que um mesmo neurônio fosse usado para diferentes funções? Para tentar resolver este enigma, Avargues-Weber conduzirá estudos em laboratório. Sensores serão ligados às abelhas a fim de medir a atividade cerebral, enquanto elas evoluem em um ambiente virtual usando um simulador. Para além do mundo animal, suas observações sobre o funcionamento cognitivo das abelhas poderiam ajudar a compreender melhor o cérebro humano, o que poderia contribuir para o desenvolvimento da inteligência artificial. Ainda que o trabalho da jovem não lide diretamente com a proteção desta espécie cada vez mais ameaçada, ela espera, no entanto, “educar mais pessoas para a proteção das abelhas, mostrando o quão inteligentes são esses insetos”. Segundo ela, as moléculas tóxicas de pesticidas “não matam diretamente as abelhas, mas perturbam seu o sistema nervoso”. “Sua memória diminui, elas se perdem e confundem os odores”, avisa. Os primeiros estudos sobre este inseto remonta ao início do século passado. O austríaco Karl Von Frisch descriptografou “a linguagem das abelhas”: para indicar uma fonte de alimento para os seus pares, as abelhas executam uma dança sutil. Ele também demonstrou a capacidade das abelhas para distinguir cores. Por seu trabalho, Aurore Avarguès-Weber irá receber uma bolsa de 20.000 euros da fundação criada em 2007 para encorajar as jovens mulheres talentosas “a prosseguir com sua carreira científica”. Mossoró (RN)., 28 de março de 2015 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | 3 comentários

ILUSTRES VISITAS

FOTO LIONEL

O meliponário Monsenhor Huberto Bruening recebeu início do mês de março dois visitantes ilustres. Nosso dia se tornou agradabilíssimo com as presenças dos Professores Drs. Lionel Segui Gonçalves e Katia Peres Gramacho, com quem conversamos uma boa parte da manhã sobre a importância do pasto apícola para o desenvolvimento da apicultura e meliponicultura bem como outros assuntos relacionados com a atividade que desenvolvemos. Mossoró (RN)., 28 de março de 2015 – Paulo Menezes
Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

O PODER DA NATUREZA

natureza

Dando continuidade ao lindo poema do poeta repentista Ivanildo Vila Nova, publicamos mais 4 estrofes improvisadas sobre o tema “Como é grande o poder da natureza”:
No nordeste há quem diga que o carão
Possui  certos poderes encantados
Através de fenômenos variados
Prevê a mudança de estação
De fato no auge do verão
Ele entoa seu cântico com tristeza
De repente um milagre, uma surpresa
Cai a chuva benigna e divina
Quem lhe diz, quem lhe mostra, quem lhe ensina ?
Como é grande o poder da natureza,
Quem é que não sabe que o morcego
Com um rato bastante se parece
Nas cavernas escuras, sobe e desce
Sugar sangue dos outros é seu emprego
Às noites escuras tem apego
Asqueroso ele é tenho certeza
Tem na vista sinfonia da fraqueza
Porém o seu ouvido é muito fino
E um sonar aparelho pequenino
Como é grande o poder da natureza
 
Admiro a formiga pequenina
Figadal inimiga da lavoura
No trabalho aplicada professora
Um exemplo de pura disciplina
Através das antenas se combina
Nos celeiros alheios faz limpeza
Formigueiro é sua fortaleza
Onde cada uma delas tem emprego
Uma entra outra sai não tem sossego
Como é grande o poder da natureza
A aranha pequena, tão arguta
De finíssimos fios faz a teia
Nesse mundo almoça, janta e ceia
É ali que passeia, vive e luta
Labirinto intrincado ela executa
Seu trabalho é bordado em qualquer mesa
Quem pensar  destruir-lhe   a fortaleza
Perderá de uma vez toda a esperança
Sua rede é autêntica segurança
Como é grande o poder da natureza
Mossoró(RN)., 10 de setembro de 2014 – Paulo Menezes
 

 

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

CANTINHO DO PADRE HUBERTO


PADRE HUBERTO.1jpg
Padre Huberto era redator e apresentador do programa radiofônico ‘Mensagens de Fé”, que era levado ao ar às 18 horas do domingo na “Radio Rural de Mossoró”, emissora pertencente à Diocese. Era um programa bem eclético, com mensagens do Vaticano,  leitura de trechos do evangelho, curiosidades, leitura de cartas relacionadas com graças alcançados pelos fiéis. Ao ler uma delas onde o católico enviou R$ 1,00 pela graça alcançada a São José “pela cura da ferida do jumento”, o sacerdote comentou logo a seguir: já que o dinheiro foi enviado vou receber porém que fique bem claro: o santo não tem nada a ver com a cura do animal.  Mossoró (RN)., 05 de setembro de 2014 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

VISITA ILUSTRE

FOTO GERMANORecebemos em nosso meliponário a visita do meliponicultor Francisco Germano de Medeiros Filho. Germano é mossoroense residente em Paragominas, (PA) há muitos anos e em visita ao torrão natal fez questão de vir até nosso meliponário para uma visita que nos deixou muito honrado. – Mossoró (RN)., 20 de agosto de 2014 – Paulo Menezes

 

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

MELIPONÁRIO DO PROFESSOR NONATO

PROFESSOR NONATODando continuidade às visitas aos colegas meliponicultores, fomos ao meliponário do Professor Nonato. Trata-se de um bem organizado meliponário nesta cidade,  onde o proprietário cuida com bastante carinho de suas jandaíras. É bem informado sobre o manejo e muito criterioso com a criação. Passamos boa parte de uma manhã bastante agradável onde o assunto predominante foi o manejo da multiplicação de colônias. – Mossoró (RN)., 20 de agosto de 2014 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

VISITANTES ILUSTRES

VISITAEm maio próximo passado, recebemos com satisfação a visita em nosso meliponário, de estudantes de Agronomia da Universidade Federal de Campina Grande, Campus de Pombal. A excursão tendo à frente o Prof. Patrício Maracajá e a Profa. Rosinha encheu de alegria nosso recanto, com a participação interessada dos estudantes na busca de novos conhecimentos. Foi para nós uma manhã feliz. – Mossoró(RN)., 11 de julho de 2014 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

PROJETO PADRE HUBERTO – PRESERVAÇÃO DA ABELHA JANDAÍRA

Quinta feira, dia 26 de junho, a InterTV Cabugi, afiliada da Rede Globo de Televisão,  em seu jornal “Bom dia RN”, veiculou matéria relacionada com nosso trabalho no manejo com a abelha jandaíra em comunidades rurais em Mossoró. A reinserção da jandaíra na natureza ajuda a resgatar nossa mata nativa e a preservar o mais útil dos insetos. – Mossoró (RN)., 28 de junho de 2014 – Paulo Menezes. 

 

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

UM MELIPONÁRIO MODELO

CEL.11Dando continuidade às visitas aos colegas meliponicultores, tivemos o prazer de ir até o recanto do Cel. Sérgio Guimarães, onde mantém um belo e bem cuidado meliponário. Fica situado no município de Monte Alegre, pertencente à Região Metropolitana de Natal – RN.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

UM MELIPONÁRIO MODELO

CEL.2O carro-chefe de sua criação é a abelha Melipona scutellaris, popularmente conhecida como Uruçu nordestina.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário