UMA TRANSFERÊNCIA DA MENOR DAS ABELHAS

CIRCUNFERENCIA DO TORO.7

Nessa postagem iremos mostrar a transferência de um enxame de mosquito remela,  (Plebéia mínima),  alojado num minúsculo toro de catingueira para uma caixa racional. A abelha é tão pequena que usamos o recurso de uma lupa para apreciamos sua movimentação da morada para o campo e vice-versa.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

UMA TRANSFERÊNCIA DA MENOR DAS ABELHAS

SUGADOR.6Para a abertura do toro usamos uma serrinha de disco, um sugador/soprador  de abelhas, formão, tesourinha, pinça, espátula e  exploradores.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

UMA TRANSFERÊNCIA DA MENOR DAS ABELHAS

TORO SERRADO.5Com o uso da serra damos um corte lateral no toro e logo a seguir usamos o formão para sua abertura total. É ideal o uso dos dois equipamentos tendo em vista ser muito fina a catingueira onde se encontra o ninho.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

UMA TRANSFERÊNCIA DA MENOR DAS ABELHAS

FAVOS DE CRIANa foto, a catingueira já devidamente aberta, podemos ver os potes de pólen, de mel e favos de cria nascente que serão retirados do toro para serem colocados na caixa racional. Interessante observar que a largura interna e a profundidade onde se encontra instalado o ninho é de apenas 1 centímetro.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

UMA TRANSFERÊNCIA DA MENOR DAS ABELHAS

POTES VASIOS E COM MEL.3Os potes para armazenar pólen e mel são lindos, alvos e transparentes.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

UMA TRANSFERÊNCIA DA MENOR DAS ABELHAS

CAIXA REMELA.2O comprimento oco do toro onde se situa o enxame da minúscula abelha varia muito, porém a altura e largura via de regra é  sempre uma constante de no máximo 1 centímetro, razão pela qual construímos a caixa racional conforme medidas acima.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

UMA TRANSFERÊNCIA DA MENOR DAS ABELHAS

ALIMENTADOR INTERNO.1Finalmente, após localizada a rainha (linda), introduzi-la na caixa juntamente com as operárias, sopradas para o interior da colmeia, só resta acompanhar o desenvolvimento da colônia e aguardar torcendo para obter sucesso na operação.– Mossoró (RN)., 16 de fevereiro de 2016 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

UMA VISITA AO MELIPONÁRIO DO LITORAL

RIVANInício do mês, como estava previsto, retornamos ao Meliponário do Litoral para revermos o grande meliponicultor Rivan Fernandes. De uma hospitalidade sem par, passamos boa parte da manhã numa prosa muito agradável tratando do assunto que mais gostamos: abelhas. Ao chegar ficamos surpresos, pois o que em nossa visita anterior era somente um terreno com um rancho em ruínas, o Rivan transformou num belo meliponário (foto), protegido por um muro muito alto, sendo que tudo foi construído pelo meliponicultor. O homem, além de grande meliponicultor, é também excelente carpinteiro, marceneiro e mestre de obras em construção civil, além de ser um exemplar policial. Maneja com maestria várias espécies de ASF, dentre elas: Uruçu (Melipona scutelaris), Uruçu Amarela (Melipona rufiventris), Jandaíra (Melipona subnitida), Tubi (Scaptotrigona tubiba) Tiúba (Melipona Compressipes fasciculata). Não explora o mel e sim o comércio de enxames, e por ser muito criterioso só entrega colônias  com matrizes selecionadas.  Além do meliponário comercial,  Rivan tem um projeto brilhante que é a criação de um meliponário escola destinado à formação de novos meliponicultores tendo como foco principal as crianças, elas que serão as responsáveis pelo futuro de nosso planeta. Com ideias assim, com meliponicultores pensando grande como o Rivan,  acreditamos cada vez mais na meliponicultura brasileira.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

UMA VISITA AO MELIPONÁRIO DO LITORAL

RIVAN.3A área próxima onde se encontra instalado o meliponário é de uma vegetação exuberante, com mata da caatinga de várias espécies. Na foto  se pode ver o velame bastante florido onde presenciamos a visitação de número significativo de abelhas colhendo o néctar que o transformará no delicioso mel.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

UMA VISITA AO MELIPONÁRIO DO LITORAL

RIVAN.2Na região há também uma grande área coberta por um excelente manguezal enriquecendo ainda mais o pasto apícola já que pela diversidade do mangue haverá sempre uma florada para suprir a alimentação das abelhas. – Mossoró (RN)., 14 de fevereiro de 2016 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

UM PRÊMIO PELA EFICIÊNCIA

No ano de 2009, Mel Menezes foi laureada com o primeiro lugar do Prêmio MPE Brasil de Competitividade, em nível estadual na categoria de Agronegócios, bem como teve o reconhecimento nacional em Brasília-DF., por ter se destacado no MPE Brasil 2009 – Prêmio de Competitividade Para Micro e Pequenas Empresas, da Rede de Cooperação Brasil, formada pelo Movimento Brasil Competitivo (MBC), Sebrae, Gerdau, Fundação Nacional da Qualidade (FNQ) e Petrobrás. No vídeo o titular deste blog, gestor da empresa vencedora. Mossoró(RN)., 01 de novembro de 2015 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag , | Deixe seu comentário

VISITANTE ILUSTRE

Sem título

Recebemos com muito prazer em nosso meliponário, o grande meliponicultor Rivan Fernandes. Rivan é um meliponicultor muito importante da cidade de Macaíba-RN. Maneja com maestria num bem instalado meliponário urbano a  Melipona scutellaris, popularmente conhecida por Uruçu. Durante a manhã conversamos bastante sobre nossa atividade, ele falando das suas uruçus e eu, “pra variar”, das minhas jandaíras.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

VISITANTE ILUSTRE

RIVAN.1

Na visita, o amigo Rivan se fez acompanhar de sua honrada família, a sra. América, os filhos Sávio, Ana Beatriz e seu irmão André. O Sávio também meliponicultor, ajuda seu pai na lida diária cuidando com muito zelo as uruçus, como pude observar em visita que fiz ao Meliponário do Litoral, pertencente ao Rivan. Mossoró (RN)., 31 de outubro de 2015 – Paulo Menezes.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

CURIOSIDADES

foto jandaira

Você sabia que 73 º/º das espécies vegetais cultivadas no mundo são polinizadas por abelhas ? São essenciais na polinização de 71 das 100 maiores culturas de alimentos  (que são 90 º/º da comida do mundo). Os 71 alimentos têm valor de mercado de US$ 121,5 bilhões. (Fonte: Revista Super Interessante) Mossoró (RN)., 27 de outubro de 2015 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

REPORTAGEM NA TV.3

Dando continuidade a publicação de matérias veiculadas na televisão sobre nosso trabalho com a abelha jandaíra,  postamos outra reportagem apresentada por afiliada da Rede Globo de Televisão. – Mossoró (RN)., 27 de outubro de 2015 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

CANTINHO DO PADRE HUBERTO

PADRE HUBERTO.1jpg

Padre Huberto não tolerava mulher na igreja que não estivesse com roupa bem composta. Vestimenta decotada então nem pensar. Ao ver uma devota com uma blusa bastante decotada se dirigiu à mesma mandando que fosse trocar a roupa a fim de que não aparecesse o suvaco ao que foi refutado de pronto pela religiosa: – suvaco não, axila. Padre Huberto então fulminou: axila é quando a região é depilada, cabeluda deste jeito é suvaco. – Mossoró (RN)., 18 de outubro de 2015 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

ALIMENTAÇÃO ARTIFICIAL

No período seco, (nós estamos há mais de 4 anos) é de vital importância a alimentação artificial para as abelhas de um modo geral. Não há floração na mata e para não perdermos os enxames só há a alternativa da alimentação.  Bastante simples, ela consta de uma garapa à base de água e açúcar, sendo a mistura feita em partes iguais, ou seja para 1 quilo de açúcar colocamos 1 litro d´água,  e assim por diante. Há o alimentador interno,  dos mais variados tipos, o qual  é colocado no interior da colmeia, inclusive já postado neste blog. Para uma quantidade maior de enxames é melhor e mais eficiente o uso do alimentador coletivo pois alimenta as operárias do meliponário num menor espaço de tempo. Como as operárias têm um poder muito grande de comunicação e orientação, as mesmas comunicam uma fonte de alimento às suas irmãs, através do cheiro, trilhas e sons rápidos e intermitente, através dos quais indicam a direção e distância do voo, de sua colmeia até a aludida fonte. Nos vídeos a seguir, registramos uma alimentação artificial do seu início até o final, comprovando o que acima afirmamos, inclusive com o tempo devidamente cronometrado. Neste primeiro filme, registramos o início da alimentação, onde as primeiras abelhas localizam a fonte do precioso alimento. Como se pode ver, são poucas as operárias presentes na alimentador.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

ALIMENTAÇÃO ARTIFICIAL

O registro acima, mostra as abelhas jandaíra no alimentador coletivo decorrido os cinco primeiros minutos. 

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

ALIMENTAÇÃO ARTIFICIAL

Aos 15 minutos já é bem expressivo o número de operárias no alimentador coletivo, começando ao vai-e-vem frenético das jandaíras entre as colmeias  e a fonte de alimento.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

ALIMENTAÇÃO ARTIFICIAL

O vídeo registra as jandaíras no alimentador coletivo decorridos 20 minutos do início em que foi colocado a garapa. O melhor horário para o trabalho é na parte da tarde, preferencialmente sempre no mesmo horário e local,  pois a comunicação se processa com maior velocidade e ao fim de 45 minutos aproximadamente as jandaíras terão consumido 02 litros do precioso alimento. Só há um complicador neste método de alimentação artificial, que é o aparecimento da abelha africanizada, porém de fácil solução. Como o tempo é relativamente muito pouco (cerca de 45 minutos) é necessário o meliponicultor ficar de olhar atento ao recipiente e sacrificar alguma apis que  aparecer. Se deixar a mesma voltar para sua morada, suas irmãs virão em grande quantidade com sua valentia e seus ferrões e neste dia suas jandaíras ficarão sem o alimento. Mossoró (RN)., 17 de outubro de 2015 – Paulo Menezes

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

O SABIÁ DO SERTÃO

SABIÁ DO SERTÃO

Na nossa região, sertão do semi-árido, diferentemente das demais regiões do país onde as estações do ano estão bem definidas: primavera, verão, outono e inverno, há somente duas “estações”. Uma que chove (quando chove) que chamamos de inverno e ocorre geralmente entre março e maio e a outra que é totalmente seca que chamamos de verão, compreendendo  os nove meses restantes do ano. Sobre essa rotina de nossa vida sertaneja, onde os homens, animais e aves enfrentam essa dura realidade,  o cantador de improviso retrata sempre nos seus versos essa  paisagem nordestina. Sobre o que afirmamos veja que pérola improvisada pelo poeta Biu Gomes:

O sabiá do sertão
faz coisa que me comove:
passa três meses cantando
e sem cantar passa nove,
como que se preparando,
pra só cantar quando chove!

Mossoró(RN)., 19 de junho de 2015 – Paulo Menezes
Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

CANTINHO DO PADRE HUBERTO

FOTO DE PE HUBERTO.1O velho padre Humberto Bruening, tinha ampla visão da natureza. Tanto assim, que pode ser chamado hoje de pioneiro em termos de meliponário na região. Às vezes, padre Humberto se fazia acompanhar do seu auxiliar-mor, o conhecidíssimo Raimundo Sacristão que mesmo sendo um cinquentão fazia questão de se apresentar como “moça usada”. Rumo à criação de abelhas, na zona rural do município, abrindo vereda no juremal, o padre Humberto advertiu: “Cuidado Raimundo! Já matei mais de seis cobras por aqui! Até parece que tem cobra engolindo cobra nessa área”. Raimundo, que não escondia a ninguém, que “gostava da fruta”, disse com trejeito: “Vixe, padre! Elas não vão deixar nenhuma para eu engolir? Malvadas!”. O vigário fez de conta que não ouviu. – Mossoró(RN)., 01 de junho de 2015 – Paulo Menezes
Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | 1 comentário

CURIOSIDADES

CERA DE ABELHASVocê sabia que foram encontrados blocos de cera de abelha  inalterados em túmulos egípcios e em navios naufragados. Isso pode ser explicado devido à oxidação lenta do material, que faz com que a cera dure por muito tempo desde que não seja atacada por traças, ou expostas a altas temperaturas. –  Mossoró (RN)., 01 de junho de 2015 – Paulo Menezes
Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

LANÇAMENTO DE SELOS COMEMORATIVOS

CORREIOS.1No dia de ontem, a Empresa Brasileira dos Correios e Telégrafos lançou seis selos comemorativos relacionados com as abelhas brasileiras sem ferrão, dentre as quais a abelha jandaíra. A solenidade foi realizada na Universidade Federal Rural do Semi-Árido, em Mossoró-RN.  A cidade foi escolhida por ser hoje uma referência nacional quando se fala em abelha jandaíra.A mesa foi composta pelo Magnífico Reitor Prof. Dr. José de Arimatéa, O pesquisador Prof. Dr. Dirk Koedam, o Prof. Dr. Lionel Segui Gonçalves, o superintendente dos Correios no Rio Grande do Norte e o titular deste Blog.

 

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

LANÇAMENTO DE SELOS COMEMORATIVOS

CORREIOS.2

Instante de muita emoção em que fui convocado pelo cerimonial para carimbar o selo  comemorativo em homenagem à abelha jandaíra.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário