CONGRESSO IBEROLATINOAMERICANO

A Doutora em Zootecnia Micheli, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, recebeu  todos os expositores que participaram do X Congresso Iberolatinoamericano  em Natal com muita disponibilidade, eficiência e simpatia.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

CONGRESSO IBEROLATINOAMERICANO


Recentemente, de 11 a 14 de outubro, participamos no centro de convenções em Natal, do X Congresso Iberolatinomericano de Apicultura, onde ministramos Mini Curso de “Criação de Meliponíneos em Larga Escala”, bem como integramos mesa redonda no simpósio intitulado “Processamento e Comercialização de Mel de Meliponíneos”. Para nossa grata surpresa constatamos que as salas onde eram realizadas palestras sobre nossas abelhas sem ferrão, estavam sempre cheias  confirmando uma participação sempre crescente de meliponicultores nos Congressos de Apicultura e Meliponicultura.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | 1 comentário

A MENOR DAS ABELHAS

Na foto vemos a entrada em catingueira da abelha da espécie Mosquito Remela, a menor das abelhas existentes na região de Mossoró, que de tão pequena muitas das vezes para o seu manejo usamos o recurso de uma lupa.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Deixe seu comentário

TRANSFERÊNCIA DE ABELHA REMELA PARA CAIXA RACIONAL

Disposição dos favos de cria e dos potes de pólen e mel na minúscula caixa racional que abriga os Mosquitos Remela. A caixa tem as seguintes dimensões: 7,5 cm de comprimento, 3,00 cm de largura e 1,00 cm de altura.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | 3 comentários

TRANSFERÊNCIA DE ABELHA REMELA PARA CAIXA RACIONAL

Operárias Mosquito Remela já introduzidas na caixa racional.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | 81 comentários

TRANSFERÊNCIA DE ABELHA REMELA PARA CAIXA RACIONAL

Detalhe dos favos de cria nascente do Mosquito Remela, no momento em que eram transferidos para a caixa racional.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Deixe seu comentário

TRANSFERÊNCIA DE ABELHA REMELA PARA A CAIXA RACIONAL

Favos de cria nascente do Mosquito Remela,  retirados da tora para serem colocados  na caixa racional.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Deixe seu comentário

TRANSFERÊNCIA DE ABELHA REMELA PARA A CAIXA RACIONAL

Vemos acima, operárias Mosquito Remela no sugador de abelhas, minutos antes da transferência para a caixa racional.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Deixe seu comentário

TRANSFERÊNCIA DE ABELHA REMELA PARA A CAIXA RACIONAL

No instante em que foi localizada sua majestade,  a rainha, foi momento de vibração pela equipe formada por Paulo Menezes, Ayrton  Vollet e o Cristiano Menezes. É que na realidade impressiona essa espécie de abelha pois tudo é pequeno demais: a rainha, as campeiras, os favos de cria, os potes de pólen e mel, tudo enfim é minúsculo e fascinante.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | 1 comentário

TRANSFERÊNCIA DE ABELHA REMELA PARA CAIXA RACIONAL

TRANSFERÊNCIA DE ABELHA REMELA

Na foto vemos Paulo Menezes, abrindo toro de catingueira para transferência  da  família de abelha da espécie Mosquito Remela, para a caixa racional. A mudança contou com a ajuda muito importante dos doutorandos da USP de Ribeirão Preto-SP., Ayrton Vollet e Cristiano Menezes.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | 1 comentário

REBOQUE PARA TREINAMENTO

REBOQUE PARA TREINAMENTOReboque usado na zona rural em treinamentos de meliponicultura. É muito útil pois evita a invasão da abelha africanizada já que existe na lateral telas de proteção. Na sua parte interior há uma mesa de trabalho bem como instalação elétrica para uso na coleta de mel pelo processo de sucção.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag , | Deixe seu comentário

CAPACITAÇÃO NA ZONA RURAL DE MOSSORÓ

PRÁTICAS DE MELIPONICULTURA NO CAMPO

Treinamento de práticas de manejo  da abelha jandaíra efetuado no campo em áreas de assentamento rural, na comunidade de  Nova Espinheirinho no município de Mossoró-RN.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

MANIFESTO DE MELIPONICULTORES

Durante o encerramento do 17º Congresso Brasileiro de Apicultura e 3º Congresso Brasileiro de Meliponicultura, em Belo Horizonte-MG,  foi lido e entregue ao Sr. José Gumercindo Correa da Cunha, por Paulo Menezes, um manifesto alusivo ao engajamento da CBA, no encaminhamento das questões pertinentes à criação das “Abelhas sem Ferrão”,   com várias reivindicações dentre as quais:  que seja tratado, junto ao Ministério do Meio Ambiente, a regulamentação em formato diferente do que é estabelecido para a criação de outros animais silvestres, considerando o seu histórico e utilização pelo homem e a sua importância em projetos de sustentabilidade nas diferentes regiões do país;  que seja tratado junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, protocolo para a elaboração das normas que contemplem a extração, caracterização e comercialização do mel das abelhas sem ferrão. O pleito é justificado pelo fato da normalização atual, de um modo geral, não contemplar todas as questões pertinentes à atividade e inviabilizar a regularização dos criatórios já existentes junto ao IBAMA. Além disso, a criação das abelhas sem ferrão não constitui crime ambiental em seu mérito, uma vez que citada atividade é exercida há séculos em todo o Brasil e vem contribuindo para a perpetuação e preservação das espécies de abelhas, plantas e outros animais associados às comunidades vegetais que se beneficiam da polinização. Referido manifesto recebeu assinatura, em adesão, de centenas de meliponicultores presentes ao evento.  Clicar em :Congresso BH

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | 1 comentário

AYRTON VOLLET REGISTROU A JANDAÍRA NA ALOYSIA VIRGATA

Faça como as abelhas, vá às flores, despreze os espinhos.

“COMO DISTINGUIREMOS O QUE É BOM NO PRAZER DO QUE É MAU ?IDE, POIS, A VOSSOS CAMPOS E POMARES, E, LÁ, APRENDEREIS QUE O PRAZER DA ABELHA É SUGAR O MEL DA FLOR, MAS QUE O PRAZER DA FLOR É ENTREGAR O MEL  À  ABELHA. POIS, PARA A ABELHA, UMA  FLOR É UMA FONTE DE VIDA. E PARA A FLOR, UMA ABELHA É UMA MENSAGEIRA DO AMOR. E PARA AMBAS, A ABELHA E A FLOR, DAR E RECEBER O PRAZER É UMA NECESSIDADE E UM ÊXTASE”.

GIBRAN KHALIL GIBRAN

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Deixe seu comentário

PREMIAÇÃO MPE BRASIL

Ao lado, vemos Paulo Menezes, por ocasião do recebimento do prêmio de reconhecimento nacional em Brasília-DF, concedido à empresa Mel Menezes por ter se destacado no MPE Brasil 2009 – Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas, da Rede de Cooperação Brasil, formada pelo MOVIMENTO BRASIL COMPETITIVO (MBC),  SEBRAE, GERDAU, FUNDAÇÃO NACIONAL DA QUALIDADE (FNQ) e PETROBRÁS.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

RECONHECIMENTO NACIONAL DO PRÊMIO MPE BRASIL

PREMIAÇÃO NACIONAL DO MPE BRASILAo lado, vemos Paulo Menezes recebendo da senadora Seres Slhessarenko o reconhecimento nacional à empresa Mel Menezes por ter se destacado no MPE Brasil 2009 – Prêmio de Competitiviade para Micro e Pequenas Empresas, em Brasília-DF no dia 23 de março de 2010.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | Deixe seu comentário

PROJETO PADRE HUBERTO – PRESERVAÇÃO DA ABELHA JANDAÍRA

Ao lado vemos Paulo Menezes ministrando treinamento para mulheres participantes do “Projeto Padre Huberto – Preservação da Abelha Jandaíra”. Aludido projeto consiste  no treinamento teórico e prático para capacitação do manejo  da abelha  Jandaíra. Direcionado  para mulheres de assentamentos rurais, tem como objetivo  a preservação da abelha Jandaíra, a manutenção do ecossistema através da polinização que as abelhas fazem à mata nativa e de levar para o campo uma atividade que é ambientalmente correta, socialmente justa e economicamente viável, já que agrega renda ao pequeno produtor rural, fixando-o no campo, evitando como conseqüência   o  êxodo rural. Até o momento foram capacitadas 250 mulheres pobres em 25 comunidades no município de Mossoró.

Enviar post por email Enviar post por email
Publicado em Assuntos Gerais | Com a tag | 2 comentários